Gordura: um dos quatro vilões

As gorduras não são todas iguais!

De uma forma simplista, podem classificar-se em:

“boas” – as insaturadas (mono e polinsaturas, onde se inclui o ómega 3). Estas gorduras são consideradas preventivas, pois contribuem para a prevenção das doenças cardiovasculares. São fornecidas pelo azeite, óleos vegetais, frutos oleaginosos (nozes, amêndoas, avelãs…), sementes (girassol, abóbora, linhaça, sésamo…) e pescado. Os alimentos ricos em gordura também são uma fonte de vitaminas específicas onde se incluem as vitaminas A, D, E e K.

“más” - as saturadas e as “trans” ou hidrogenadas. Estas gorduras elevam o colesterol LDL (“mau colesterol”), responsável por diversas doenças cardiovasculares. As gorduras saturadas podem ser encontradas maioritariamente nos alimentos de origem animal, como no leite e derivados, na carne de porco e vaca e nos seus derivados. No caso das gorduras hidrogenadas podem ser encontradas nos produtos industrializados tais como certas bolachas, gelados e produtos de charcutaria. A leitura atenta do rótulo é essencial.

TOME NOTA: A gordura em excesso (independentemente do tipo) por ser muito calórica, pode contribuir para o aumento de peso e obesidade. Controle o seu consumo.


Veja este vídeo da Becel que ajuda a perceber o que é o colesterol.


Sem comentários:

Enviar um comentário